FALE COM A GENTE

 Sindicato dos Trabalhadores em Transportes de Pessoas de Florianópolis e Região

Av. Mauro Ramos, 398 - Centro 

Florianópolis - SC - 88.020-300

 

Fone: (48) 3286.5300


 

NOSSAS

REDES

CADASTRE-SE

Que se manter informado sobre sua vida

profissional? Então se inscreve ai embaixo.

 

© 2019 nucabu com Wix.com

Buscar
  • RODÃOONLINE

POR QUÊ A POLÍTICA É IMPORTANTE?

Nosso jornal “O RODÃO” está começando uma série de artigos, reportagens e informações sobre as questões políticas, jurídicas e econômicas mais importantes para nós, trabalhadores(as), em nosso cotidiano.


Infelizmente, nos últimos tempos está quase impossível debater e conversar civilizadamente sobre estes temas em nossa categoria. Isso não acontece somente aqui, mas é onde atuamos e devemos refletir.


Nossa desinformação é grande! Muitos(as) detestam a política e até se negam a conversar sobre o assunto. Os(as) que falam a respeito mais brigam, acusam e ofendem, do que conversam. Então, precisamos mudar isso, que só vai mudar se a gente se respeitar e abrir o diálogo sobre fatos, sem “fake news” e outra formas de mentiras.


A primeira coisa é entender que: POLÍTICA É ALGO AMPLO E QUE ESTÁ EM TUDO, NÃO É APENAS PARTIDOS E ELEIÇÕES!! A manchete/pergunta dessa matéria é fundamental e vamos respondê-la, de forma simples e direta. Por quê a política é importante? 01 – Porque ela está em tudo de nossas vidas. Ela define todas as leis; os preços de quase tudo, principalmente, da moradia, dos alimentos, dos remédios, dos serviços públicos; ela também define as regras de comportamento, o que podemos ou não podemos fazer; ela define se podemos e como fazer para se aposentar; enfim, a política define nossas vidas, então como deixar de conversar e debater sobre política?

02 – Porque ela não é só partidos, políticos e eleições. Como já dito, a política está em tudo, mas o que mais chama a atenção é política partidária e suas disputas. Partidos políticos e as disputas pelo poder fazem parte da política e dessa forma a sociedade se representa.

Essa parte da política não é suja e corrupta naturalmente. Só tem a corrupção e a sujeira porque tem gente corrupta, suja e gananciosa, que quer tudo de bom pra si e nem pensa nos(as) outros(as). Então não temos que ser contra a política, mas sim contra os que deturpam e destroem a política.

03 – Porque temos interesses e desejos diferentes. Todos(as) nós temos nossos interesses. Uma cidade, uma sociedade, uma comunidade, um condomínio, enfim, quase tudo que existe é composto por gente com interesses diferentes. Então, se um grupo de pessoas quer de um jeito e outros grupos querem de outras maneiras, de alguma maneira “um desses jeitos vai dominar”.

E como isso acontece? Um interesse se implanta pela VIOLÊNCIA E BARBÁRIE, pela força bruta das armas, por uma guerra civil, por exemplo; ou esse interesse se implanta pelo DIÁLOGO, negociação, decisões civilizadas e isso é a “POLÍTICA”. Não existe uma terceira alternativa. As normas e controles vem pela barbárie e violência, ou vem pela política.

EXEMPLOS: A POLÍTICA DEFININDO NOSSAS VIDAS Agora vamos abordar dois assuntos da mais alta importância para nossas vidas e que estão sendo definidos pela política: a APOSENTADORIA e a LEI TRABALHISTA, de 2017, a qual teve o voto favorável de Jair Bolsonaro, quando deputado. Agora, como Presidente da República, com a chamada “Carteira Amarela”, Bolsonaro faz uma “segunda reforma trabalhista”, tirando ainda mais direitos da classe trabalhadora.


Nesse primeiro jornal sobre as questões de nossa cotidiano, abordaremos essa questão da “Carteira Verde Amarela”, porque os patrões do transporte já se assanharam em implantar essas medidas, conforme vocês podem ver no cartaz que a empresa JOTUR divulgou.


A diretoria do SINTRATURB imediatamente tomou medidas contra este ataque. Deixamos claro para a Administração da JOTUR que não aceitaríamos essas contratações e que iríamos organizar a luta da categoria contra esse ataque, até porque, nossa Convenção Coletiva não permite esse tipo de contratação. Diante disso, a empresa recuou e comunicou que não encaminharia as contratações dessa forma.


5 visualizações