Buscar
  • RODÃOONLINE

RODÃOTV - 05.11.2020


Reunião no SEST/SENAT foi de cobrança quanto aos valores atrasados, erros nas homologações, novos vencimentos e a possibilidade de mais empresas entrarem em Recuperação Judicial (como foi o caso da Biguaçu que a maioria dos trabalhadores de outras empresas ficaram assistindo de camarote e agora correm o risco de viverem a mesma amarga experiência) e incluírem novas demissões em seus programas, o que levaria a quitação de verbas rescisórias para um prazo de dois até cinco anos.


Confira:




128 visualizações0 comentário